Bolsonarista de MS diz que “assassino é o Dória' em defesa do presidente

Deputado afirma que Bolsonaro é 'paladino da verdade' e que baixa popularidade é momentânea; opinião tem apoio na ALMS

| TOP MíDIA NEWS/RAYANI SANTA CRUZ


Crédito: Reprodução Facebook

Para o deputado federal Luiz Ovando (PSL), a baixa popularidade do presidente Jair Bolsonaro é momentânea e não afeta o governo. Ele acredita que a oposição está usando o novo coronavírus para tentar desestabilizar a gestão, mas que, em breve, as pessoas irão perceber que Bolsonaro está lidando bem com a situação.

“Todas as vezes que você tem um novo governo, tem expectativas e entusiamo. Acomodação emocional e, às vezes, chega na decepção se não ocorre do jeito que a gente queria. Tudo na vida é assim, isso é normal na sociedade, em casamentos e relações de poder”, disse Ovando.

Questionado sobre a má repercussão do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, e sobre o episódio em que o presidente foi chamado de assassino em uma barraca de cachorro-quente neste final de semana, o parlamentar amenizou.

“O presidente é um individuo autêntico. E eles [a oposição] se aproveitaram dessa situação do coronavírus e começaram a execrar a imagem dele. O Bolsonaro não é assassino, assassino é o Dória”, disse o bolsonarista que acredita que as medidas tomadas pelo governador de São Paulo na crise sanitária foram erradas e desastrosas.

Apesar de apontar que manifestos contra o presidente sejam de pessoas “convocadas” pela oposição, o deputado diz que cada um tem o direito de se manifestar. Ele sabe que Bolsonaro perdeu seguidores, mas acredita que em breve o presidente conseguirá reverter a situação.

“Teve gente que, com a saída de Sérgio Moro, ficou contra o presidente. Mas ele [Bolsonaro] não tem nada que desabone. Temos que entender que vai cair a popularidade, mas lá na frente, ele, que é um paladino da verdade, vai mostrar o que fez. Acredito que vai melhorar. O vídeo só fortaleceu e mostrou a determinação de Bolsonaro, é uma característica dele”, finalizou o bolsonarista.

Time do presidente na Assembleia

O deputado estadual Renan Contar (PSL), que também é seguidor assíduo do presidente, comentou que o vídeo frustrou a oposição e fortaleceu Bolsonaro. “De forma autentica e sem politiquês, reafirmou seus compromissos, bandeiras e princípios”.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE