Príncipe Harry diz que deixou o Reino Unido para fugir de perseguições da imprensa britânica

Harry e sua esposa, Meghan Markle, romperam totalmente os laços profissionais com a família real britânica na semana passada.

| IVI NOTíCIAS/G1 MS


Foto Divulgação

O príncipe Harry disse que deixou o Reino Unido, e rompeu os laços profissionais com a família real, para fugir de perseguições da imprensa britânica.

'Eu não abandonei [a Coroa], mas dei um passo atrás', disse Harry em entrevista ao programa The Late Late Show, transmitido na quinta-feira (25) pela emissora norte-americana CBS.

Harry e sua esposa, Meghan Markle, se desvincularam completamente da família real na semana passada, ao notificar à rainha Elizabeth II que eles não voltariam a trabalhar como membros da monarquia.

Harry e Meghan, que estão esperando seu segundo filho, anunciaram – ainda no ano passado – que tinham planos para se afastar de suas funções como membros da realeza.

Antes de se mudarem para a Califórnia, o casal já havia reclamado do tratamento racista dado pelos tabloides britânicos a Meghan, cujo pai é branco e a mãe é negra.

No início deste mês, a duquesa de Sussex venceu uma batalha judicial que travava contra o jornal britânico 'Mail on Sunday'.

Ela processava a publicação por ter divulgado, sem seu consentimento, uma carta pessoal que teria escrito ao pai, Thomas Markle.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE