Para “testar rota”, traficantes despacham maconha em fundo falso de carros

| HELIO DE FREITAS, DE DOURADOS / CAMPO GRANDE NEWS


Tabletes de maconha enrolados em borracha são retirados de tanque (Foto: Adilson Domingos)

Dois carros que estavam transportados de caminhão de Mato Grosso do Sul para São Paulo levavam droga em compartimentos falsos no tanque de combustível. Quando descobriram os tabletes enrolados em bexigas de aniversário, na manhã de hoje (16), os policiais pensaram se tratar de cocaína ou pasta-base de coca.

Entretanto, os pacotes embalados como se fossem de cocaína eram na verdade de maconha, droga bem mais barata e raramente transportada em compartimentos tão pequenos. Os dois carros levavam 54 quilos.

Para os policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) responsáveis pela apreensão, tratava-se de estratégia dos traficantes para “testar a rota'. Se a droga chegasse ao destino, a próxima carga seria de cocaína, avalia policial que descobriu o esquema.

“Foi muito trabalho para esconder 54 quilos de maconha. Isso geralmente acontece para transportar cocaína, certamente estavam testando a rota', afirmou o policial ao Campo Grande News.

A droga estava armazenada nos tanques de combustível de um Del Rey com placa de São Paulo de um Santana com placa do Mercosul. Os dois carros estavam em um caminhão-cegonha, sendo levados para São Paulo.

A apreensão ocorreu em um posto de combustíveis, na BR-163, saída para Campo Grande. Foi preciso levar os carros até uma oficina para cortar a lata e retirar a droga. Segundo a Defron, o motorista não será preso, pois não sabia da droga nos carros.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE