Caminhoneiro bolsonarista Zé Trovão se entrega à PF em Joinville

Ele é alvo do STF por organizar manifestações antidemocráticas no 7 de Setembro

| TOP MíDIA NEWS/THIAGO DE SOUZA


Zé Trovão é alvo do STF por atos antidemocráticos - Crédito: Reprodução redes sociais

O caminhoneiro bolsonarista, Marcos Antônio Pereira Gomes, o ‘’Zé Trovão’’, se entregou à Polícia Federal, nesta terça-feira (26), em Joinville (SC). Ele estava foragido, supostamente no México, após liderar manifestações antidemocráticas no 7 de Setembro. 

Segundo o R7, a informação veio dos advogados do ativista. A PF também confirmou a prisão. 

Zé Trovão, diz o site, foi alvo de um mandado de prisão dias antes do 7 de Setembro, por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, no entanto, fugiu do País. Primeiro ele teria ido ao Panamá, depois para o México, onde pediu asilo, alegando perseguição política em solo brasileiro. 

Zé Trovão estava proibido de se localizar em um raio de um quilômetro da praça dos Três Poderes, em Brasília, desde 20 de agosto.

Ainda segundo o R7, o líder caminhoneiro teria um site, o Portal Brasil Livre, que está fora do ar, mas ficou conhecido com postagens na página já desativada do YouTube Zé Trovão, a Voz das Estradas.   



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE