Adolescente é suspeito de matar irmãos de 2 e 4 anos carbonizados no RJ

| IVI NOTíCIAS/MIDIAMAX


Vicente e Valentim tinham 4 e 2 anos - Divulgação

Os irmãos Vicente e Valentim Costa de 4 e 2 anos, foram mortos nesta segunda-feira (25), e o suspeito do crime é o irmão mais velho de 16 anos.

Segundo a coluna do Jornal G1, o suspeito de 16 anos confessou o crime para a mãe antes de ser levado para a delegacia. O relato é de Maria das Graças, vizinha da família que estava em casa quando ouviu os gritos de desespero da mãe ao encontrar os filhos carbonizados, em Niterói, no Rio de Janeiro. 

Segundo testemunhas, o adolescente não estava em casa no momento em que a mãe encontrou seus irmãos naquela situação, mas foi encontrado logo sem seguida e levado até o local. Quando a mãe e o filho suspeito se encontraram, a vizinha Maria das Graças disse que ele confessou o crime.

'A gente ouviu gritos, no princípio pensei que era a televisão. Abri a janela do meu quarto e vi que era aqui fora. Aí saí eu, minha filha e meu marido. Quando chegamos aqui, encontramos a mãe gritando 'Mataram meus filhos, mataram meus filhos'. Meu marido então abriu o portão [da casa onde as crianças moravam], entrou e viu as duas crianças no chão, queimadas', contou Maria das Graças.

Segundo a polícia, o crime foi motivado por ciúmes da mãe e pelo ódio que o adolescente sentia pelo padrasto, pai das vítimas. O adolescente foi apreendido por fato análogo ao crime de homicídio qualificado por motivo fútil, e encaminhado ao Departamento de Ações Socioeducativas (Degase). O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE